Fechar Assine ja
5
4
3
2
1
Esqueceu a senha?

pesquisar:







Página Inicial > Revista On-line

MATÉRIA



A idade de ouro do pornô

Uma análise do auge da indústria pornográfica e a visão do movimento feminista



por Cris Zamora

Na economia nacional, os anos 80 podem ter sido a década perdida, mas, para os fãs brasileiros do pornô, foram os mais divertidos.

A era das musas

O auge criativo da indústria pornográfica norte-americana durou do fim dos anos 70 até a metade da década de 1980, período conhecido como Golden Age – e se você, meu amigo de sorte, viveu esses anos dourados, certamente se lembra das mais gostosas divas da época, que não tinham um pingo de silicone no corpo. Foi o período de musas como Amber Lynn, Ginger Lynn, Cicciolina (a deusa italiana!), a brasileira Elle Rio, Stacy Donovan, Debbie Diamond e, claro, Traci Lords.

Já os atores, não tão bombados, tinham mais cara de gente normal. Dentre eles, destacam-se Jamie Gillis, Jack Baker e Ron Jeremy, um gordo baixinho de pau grande que ganhou muito dinheiro, apesar do físico fora dos padrões. Jeremy ficou tão famoso que virou cult e chegou a conseguir papéis secundários em Hollywood. Em 1997, por exemplo, atuou em “Orgazmo”, filme dos criadores do desenho “South Park”.


Criatividade e ousadia também não faltavam aos diretores. Walter e Gregory Dark, os Dark Brothers, produziram cenas escatológicas que marcaram época. Já Henri Pachard esteve à frente da luxuosa série “Taboo American Style”, cuja temática, ainda atual e provocativa, explora todos as formas de incesto.

Enfim, tudo o que é bom dura pouco. No fim da década de 80, com o advento do videocassete e o conseqüente barateamento dos custos de produção, houve uma banalização do gênero, que até então era totalmente filmado em película.

Para piorar, o ex-presidente e canastrão americano Ronald Reagan, em seu segundo mandato, assumiu uma postura de defesa dos “valores morais e da família” (hummm... Isso não lembra alguém?) e encarregou o FBI de investigar irregularidades na indústria pornográfica.

Nada de errado foi encontrado até 1986, quando se descobriu que Traci Lords, uma das pornstars mais quentes do pedaço, tinha apenas 15 anos quando começou a gravar seus filmes, em 1983 (veja quadro “Uma ninfeta que fez história”).

Outra atriz a dar trabalho foi Linda Lovelace, conhecida pela atuação deliciosamente excitante em “Garganta Profunda” (“Deep Throat”, 1972), de Gerard Damiano. Apesar de ser a primeira mulher a ganhar fama por fazer sexo em um filme, Lovelace, cujo verdadeiro nome era Linda Susan Boreman, publicou na autobiografia “Ordeal” que tinha sido espancada e coagida a levar uma vida de pornografia e prostituição por seu marido, Chuck Traynor. Posteriormente, Linda virou militante feminista, atividade que exerceu até sua morte, aos 53 anos, em um acidente de carro.


Feminismo e pornografia

Para algumas feministas, ter seu corpo tocado e introduzido por um homem, mesmo que suave e amorosamente, é sinal de submissão sexual. Segundo a escritora Andrea Dworkin e a professora de direito da Universidade de Michigan (Estados Unidos) Catharine MacKinnon, seria quase um estupro. As duas se colocam radicalmente contra a pornografia por explorar a mulher dentro de uma sociedade construída em cima de valores e instituições patriarcais.

Apesar de ter assumido uma postura feminista e antipornográfica, Linda Lovelace, entretanto, nunca foi a favor do fim dos filmes eróticos. Ela era totalmente contra a censura e, diferentemente de algumas de suas colegas, afirmou em entrevista ao jornalista Eric Danville, autor de “The Complete Linda Lovelace: A Deeper-Than Deep Look at America’s First Porn Queen”, que gostava muito de sexo.

Felizmente, nem todas as mulheres, feministas ou não, vêem o sexo (e a pornografia) como sinal de invasão de território. Nadine Strossen, escritora de “Defendendo a Pornografia: Livre Discurso, Sexo e Luta pelos Direitos das Mulheres” (“Free Speech, Sex, and the Fight for Women’s Rights”) e integrante da associação Feministas por Livre Expressão, por exemplo, corrobora a idéia de Dworkin e MacKinnon de que a sociedade é muito machista, mas, para ela, a situação não vai mudar se deixarmos de transar. Viva!

Uma outra visão

Não somos apenas nós, homens, que gostamos de sexo. Elas também gostam. Na verdade, a grande maioria das atrizes pornôs não é coagida a exercer a profissão. Nem poderia, já que são delas os maiores salários, que, dependendo da produtora e do país, podem chegar a R$ 8 mil por filme, segundo a maquiadora Andréa Martins*.

Para nós, a mulher só tem o que comemorar no meio pornográfico. Além de o cinema pornô ser um dos poucos nichos em que a maior parte delas lucra mais que os homens, elas podem viver sua sexualidade em toda a plenitude, como durante por muitos séculos não o fizeram. E você, o que acha disso?

Uma ninfeta que fez história

Nora Louise Kuzma, mais conhecida como Traci Lords, de pura e casta não tinha nada quando se tornou atriz pornô. Aos 13 anos, já havia feito um aborto. Aos 15, mudou-se para Los Angeles com um homem 30 anos mais velho, que a levou a uma agência para tirar fotos eróticas e arrumou carteira de motorista e certidão de nascimento falsas. Quando o problema com o FBI estourou, os figurões do cinema pornô puderam alegar que eles é que haviam sido enganados. Depois de um acordo com a promotoria, a única medida tomada foi a apreensão das fitas de Traci Lords, que viraram objeto de colecionador.

Película profunda

A vida de Linda Lovelace chegou a virar filme, o documentário “Inside Deep Throat”, de Brian Grazer – e uma outra Love viverá Linda em 2005. A briguenta Courtney Love, viúva de Kurt Cobain, estará em “Garganta Profunda”, projeto desenvolvido pela Blumhouse Productions, de Jason Blum.


* o nome foi alterado a pedido da entrevistada
Imagens: Reprodução


+ MAIS ARTIGOS

•   [PERFIL] Sovereign Syre, rainha lesbo

•   [NOTÍCIAS] Marco Feliciano manda prender casal lésbico

•   [NOTÍCIAS] Rooney Mara entra para elenco do filme "Carol"

•   [NOTÍCIAS] Hoje é o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

•   [NOTÍCIAS] LGBTs procuram aulas de defesa pessoal

•   [NOTÍCIAS] Casal lésbico tem pedido de união negado

•   [NOTÍCIAS] Atleta faz protesto pró-LGBT na Rússia

•   [NOTÍCIAS] Cantora Ellen Oléria se casa com namorada

•   [NOTÍCIAS] Atriz de "As Visões da Raven" sai do armário

•   [NOTÍCIAS] STF permite casal gay adotar crianças

•   [NOTÍCIAS] Tel Aviv tem candidato gay à prefeitura

•   [NOTÍCIAS] Gays estão sendo perseguidos no Haiti

•   [NOTÍCIAS] Daniela Mercury e Malu Verçosa não se separaram

•   [NOTÍCIAS] Nobel da Paz prefere "o inferno a um paraíso homofóbico"

•   [NOTÍCIAS] Papa sobre gays: "Eles não devem ser discriminados"

•   [NOTÍCIAS] UFC: brasileira vai participar da 1ª luta gay

•   [NOTÍCIAS] Montenegro: agressão em parada gay

•   [NOTÍCIAS] Manifestantes fazem beijaço gay

•   [NOTÍCIAS] Mostra em SP debate sexualidade

•   [NOTÍCIAS] Casamento gay é aprovado pela Rainha

•   [NOTÍCIAS] Na Inglaterra, Câmara aprova casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Costa Rica: deputados aprovam união gay

•   [NOTÍCIAS] Projeto de "cura gay" é arquivado

•   [NOTÍCIAS] Casal gay nos EUA recebe green card

•   [NOTÍCIAS] Suprema Corte dos EUA anula lei que impede casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Ministra e Conselho de Psicologia reprovam decisão da CDHM

•   [NOTÍCIAS] Leci Brandão reforça lei anti-homofobia

•   [NOTÍCIAS] Feliciano aprova projeto de "cura gay"

•   [NOTÍCIAS] Nike lança produtos em apoio a comunidade gay

•   [NOTÍCIAS] Mais de metade do Brasil é contra casamento gay

•   [NOTÍCIAS] EUA vai fazer pesquisa sobre obesidade de lésbicas

•   [NOTÍCIAS] PSC entra com 2ª ação para impedir casamento gay no Brasil

•   [NOTÍCIAS] Força Aérea Brasileira reconhece união gay

•   [NOTÍCIAS] Cyndi Lauper ganha prêmio Tony

•   [NOTÍCIAS] Número de casamentos gays aumenta em 78% em SP

•   [NOTÍCIAS] Começa hoje, em São Paulo, o festival pornô PopPorn

•   [NOTÍCIAS] Pesquisa avalia aceitação da homossexualidade no mundo

•   [NOTÍCIAS] Veja fotos vintage de casais gay

•   [NOTÍCIAS] Pedido de vista cancela análise de "cura gay"

•   [NOTÍCIAS] Parada Gay leva 600 mil às ruas em São Paulo

•   [NOTÍCIAS] Manifestantes pedem direitos LGBT na Venezuela

•   [NOTÍCIAS] Jogador diz que ser gay não prejudica carreira

•   [NOTÍCIAS] Drama lésbico leva prêmio no Festival de Cannes

•   [NOTÍCIAS] Câmara dos Comuns aprova casamento gay na Inglaterra

•   [NOTÍCIAS] Justiça nega pedido de tratamento de gays como doentes

•   [NOTÍCIAS] Daniela e Malu dão entrevista à TV Folha

•   [NOTÍCIAS] Dia Internacional Contra a Homofobia – veja vídeo da ONU

•   [NOTÍCIAS] Conselho Nacional de Justiça aprova casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Maioria dos australianos apoia casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Albânia aprova lei anti-homofobia

•   [NOTÍCIA] David Cameron é pressionado sobre casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Casal lésbico é ameaçado por escola católica

•   [NOTÍCIAS] Rhode Island legaliza casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Padre é excomungado por defender gays

•   [NOTÍCIAS] Mulher dá buquê à irmã lésbica em casamento

•   [NOTÍCIAS] Rondônia aprova casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Deputado federal aprova projeto de "cura gay"

•   [NOTÍCIAS] Senador americano assume ser gay

•   [NOTÍCIAS] Gay se manifesta contra pastor homofóbico

•   [NOTÍCIAS] Criança apoia casamento gay em redação nos EUA

•   [NOTÍCIAS] Índia proíbe barriga de aluguel para casais gays

•   [NOTÍCIAS] Casal quer mudar lei canadense

•   [NOTÍCIAS] Parlamento francês aprova casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Criminoso mata a pedido de uma homossexual

•   [NOTÍCIAS] Nova Zelândia aprova casamento gay

•   [NOTÍCIAS] Liturgia para casamento gay é feita na Escócia

•   [NOTÍCIAS] Revista voltada para lésbicas é lançada na Rússia

•   [NOTÍCIAS] Piauí legaliza pensão vitalícia para gays

•   [NOTÍCIAS] Daniela Mercury assume estar casada com outra mulher

•   [NOTÍCIAS] Quem sai do armário é menos estressado

•   [NOTÍCIAS] Participante lésbica vence "A Fazenda de Verão"

•   [NOTÍCIAS] Chanel abre Semana de Moda de Paris com casal de noivas lésbicas

•   [NOTÍCIAS] Jodie Foster assume homossexualidade no Globo de Ouro

•   [NOTÍCIAS] Imprensa estrangeira prestigia "Elvis & Madona"

•   [NOTÍCIAS] Nova série da Globo terá casal lésbico sem preconceito

•   [NOTÍCIAS] Andressa Urach assume: Gosto de experimentar sensações

•   [NOTÍCIAS] Lésbicas comemoram aniversário de gêmeos quádruplos

•   [NOTÍCIAS] Maitê Proença vive lésbica no teatro

•   [NOTÍCIAS] Lésbica é vítima de homofobia

•   [NOTÍCIAS] Nicole Bahls beija Thammy Miranda

•   [NOTÍCIAS] Rihanna posa com Kate Moss

•   [NOTÍCIAS] Lésbica no Senado americano

•   [NOTÍCIAS] Ivete afirma não ser lésbica

•   [NOTÍCIAS] Seleção com os melhores peitos

•   [NOTÍCIAS] História de Gigi Chao vira filme

•   [NOTÍCIAS] Ellen recebe prêmio

•   [MATÉRIAS] Nova vacina contra a Aids

•   [NOTÍCIAS] Stacy Sykora apresenta sua namorada

•   [NOTÍCIAS] Lésbicas se beijam em protesto

•   [MATÉRIAS] A deusa da natação

•   [NOTÍCIAS] Vestidas de casal lésbico

•   [NOTÍCIAS] Thammy apaixonada por atriz global?

•   [NOTÍCIAS] Por onde anda Paula Picarelli?

•   [NOTÍCIAS] Melhor ser pai do que mãe

•   [NOTÍCIAS] Casal lésbico de The Fosters

•   [NOTÍCIAS] Cena de sexo lésbico nos cinemas

•   [NOTÍCIAS] Stewart foi obcecado por lésbica

•   [NOTÍCIAS] Pai aceita filha homossexual

•   [NOTÍCIAS] Pink afirma que nunca se definiu

•   [NOTÍCIAS] Thammy no jornal O Dia

•   [NOTÍCIAS] Titi Müller estrela papel lésbico

•   [NOTÍCIAS] Aluna é expulsa por gostar de vagina

•   [NOTÍCIAS] Prêmio por papéis lésbicos

•   [NOTÍCIAS] Bilionário paga por casamento da filha

•   [NOTÍCIAS] Ellen Page estrela em drama lésbico

•   [NOTÍCIAS] Selinho na revista Marie Claire

•   [NOTÍCIAS] Pitty confessa já ter beijado mulheres

•   [NOTÍCIAS] Luma Costa interpretará lésbica

•   [NOTÍCIAS] Jennifer Lopez produz série sobre lésbicas

•   [NOTÍCIAS] Cena lésbica no novo clipe do 50 Cent

•   [NOTÍCIAS] Cheryl Cole afirma atração por Rihanna

•   [NOTÍCIAS] Filme lésbico Jack & Diane

•   [NOTÍCIAS] Clipe lésbico de Volkova

•   [NOTÍCIAS] Lost Girl traz cena lésbica

•   [NOTÍCIAS] Marylin Monroe era lésbica?

•   [NOTÍCIAS] Thammy Gretchen na Trip

•   Zonas erógenas femininas

•   Novos vibradores!

•   Mulheres T-lovers

•   Feromônios

•   Garotas de programa

•   [CULTURA] As lésbicas e a MPB

•   Ativas e passivas

•   [CULTURA] Celebridades lésbicas

•   [CULTURA] As lésbicas e o esporte

•   Vibrador

•   [PERFIL] Jesse Jane

•   Para melhorar o sexo

•   [PERFIL] Eliska Cross

•   Os segredos do clitóris

•   [PERFIL] Alexis Texas

•   [SAÚDE] Anorgasmia

•   Ménage à trois

•   Entre elas

•   [PERFIL] Daphne Du Maurier

•   Squirting

•   Casas de swing

•   Pornô feminino

•   [PERFIL] Fritz Klein

•   [PERFIL] Lou Charmelle

•   Pompoarismo

•   [ESPECIAL] Cinema com Elas

•   Afrodisíacos

•   Coisas que elas odeiam

•   [SAÚDE] Vaginismo

•   [PERFIL] Belladonna

•   [PERFIL] Penny Flame

•   [PERFIL] Tory Lane

•   Bis: mitos e verdades

•   [PERFIL] Casey Parker

•   [PERFIL] Aleska Diamond

•   [PERFIL] Lexi Belle

•   [PERFIL] Asa Akira

•   [PERFIL] Sunny Leone

•   [PERFIL] Olivia O'Lovely

•   [PERFIL] Greta Garbo

•   [PERFIL] Angelina Jolie

•   [PERFIL] Safo, a poetisa do amor lesbo

•   [CULTURA] As cinco mulheres mais perversas da História

•   Amazonas: apenas um mito?

•   Poliamor

•   [CULTURA] Origens do Carnaval

•   Pegação e sacanagem: elas também fazem

•   Cinco mitos sobre o sexo lesbo

•   [FINAL] Ménage, na visão masculina!

•   [PRIMEIRA PARTE] Ménage, na visão masculina!

•   Atrizes pornôs que começam no lesbianismo

•   [CULTURA] A idade de ouro do pornô

•   [SAÚDE] Ninfomania: a dependência do prazer

•   Homens versus vibradores: faça dele seu aliado!

•   Mulher com mulher: essa moda pega

•   Rita Cadillac e Lana Starck: um clássico instantâneo

•   [CULTURA] 6 filmes e seriados lésbicos

•   [PERFIL] Sophia Santi

•   [PERFIL] Jana Cova











Publicidade


Página Inicial | Revista On-line | Contato | ASSINE JÁ! Copyright © 2021 - Elassex - Termos legais - é proibida a reprodução do conteúdo deste website em
qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Elassex. Requisitos minímos. CNPJ 12.788.617/0001-00 - BRASILEIRINHAS DISTRIBUIDORA DE FILMES LTDA EPP